Banco Central do Brasil
    bancoO Banco Central do Brasil é um alto órgão do Sistema Financeiro Nacional. Ele trabalha juntamente com o Conselho Monetário Nacional e tem funções que operam em conjunto com esses órgãos. Sua fundação foi a partir da lei nº 4.595/64, no art.8º, que fez com que a Superintendência da Moeda e do Crédito virasse uma autarquia federal, com sede na capital do país, com a definição de Banco Central do Brasil. É ligado ao Ministério da Fazenda e funciona num nível acima de todos os outros bancos que atuam em território nacional. Como um “rei dos Bancos”.

    Por ter patrimônio próprio, apesar de ser um órgão vinculado ao Ministério da Fazenda, os resultados do trabalho do Banco Central são incluídos no seu patrimônio. Sua central é na capital do país (Brasília), mas tem “filiais” ou representações em Belém, Belo Horizonte, Curitiba, Fortaleza, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro, São Paulo e Salvador. O Banco Central não está em todas as capitais brasileiras, mas é acessível a todos por meio de seu site.

    Os fundos mútuos de investimento regulamentados pelo Banco Central do  Brasil (BACEN) são os fundos de investimento financeiro ( dívida estadual ou municipal), fundo de aplicação em quotas (de fundos de investimento financeiros). Também estão na lista de investimento o fundo de renda fixa ( que é capital estrangeiro), o fundo de investimento no exterior e o fundo de investimento extra mercado.

    São várias as funções do BACEN, algumas bem conhecidas, como a responsabilidade de emitir e produzir papel-moeda e moeda metálica, levando sempre em consideração os limites dados pelo Conselho Monetário Nacional e também realizar operações tipicamente bancárias ( como empréstimos, redescontos às instituições financeiras bancárias).Outras funções que cabem ao Banco Central são as de: ser depositário das reservas oficiais de ouro e capital estrangeiro, receber os recolhimentos compulsórios e depósitos voluntários das instituições financeiras. Também são funções do Banco Central executar compras e venda de títulos públicos e federais de forma a facilitar a política monetária adotada pelo governo, fiscalizar as outras instituições financeiras e aplicar, se necessário, penalidades às mesmas.

    Outra ligação entre as instituições financeiras com o Banco Central é que o Banco tem de conceder autorização para que essas instituições façam o país funcionar, instalar ou transferir suas sedes, ou dependência, ser transformadas, incorporadas ou encapadas.

    O Banco Central é uma instituição extremamente importante para o bom andamento da saúde econômica do país. Por seu uma instituição intimamente ligada ao governo, o Banco é um órgão que reflete as estratégias do governo no que dizem respeito à economia do país. Também por ser responsável pela emissão do dinheiro no país, ele é muito ligado às crises, ou pela prosperidade econômica de um estado. Sendo assim, a importância do Banco Central, além de ser um gigante na parte prática do andamento financeiro do país, tem também um grande valor simbólico para imagem do país, para a formação da imagem da parte econômica e também da imagem de grandeza de um país. O governo e o Banco Central andam juntos e, geralmente, a imagem de um reflete na imagem do outro.




Site desenvolvido por KERDNA Produção Editorial LTDA